Ushuaia - Dia 15: El Calafate até El Chalten

Sábado, 23 de Janeiro de 2016

Acordamos cedo, nos organizamos e saímos para o nosso encontro com o gigante de gelo! O glaciar Perito Moreno fica dentro do Parque Nacional Los Glaciares. Este glaciar, em especial, é um dos maiores motivos para quem visita El Calafate. Não seria diferente, já que se trata do maior glaciar em extensão territorial do mundo! Uma grande reserva de água doce, um imenso bloco de gelo que se movimenta diariamente e nos apresenta um espetáculo da natureza! 

Existe uma estrutura de mirantes e escadas para pode visualizar de perto o glaciar. Ficamos ali uma boa quantidade de tempo. Pudemos observar vários blocos de gelos desabando de muitos metros de altura. É impressionante o quanto esse fenômeno atrai as pessoas. Realmente estar lá foi especial!

Fotografar lá não é muito fácil. Fotografar o glaciar, em especial. Esse cara enorme é praticamente todo branco, ele reflete muita luz e é difícil equilibrar com o cenário ao redor. Por mais incrível que ele sozinho seja, a forma como ele está disposto junto com as montanhas, o lago e os bosques, faz com que você queira compor uma foto com todos esses elementos. Tivemos sorte de alguns momentos o clima ficar nublado, então tivemos uma luz mais suave e menos contraste. 

Fomos embora de lá felizes e satisfeitos. Mas, como em todo lugar especial, queremos voltar novamente! Quem sabe para fazer o trekking por cima do glaciar. Deve ser demais!

Nesse mesmo dia ainda iríamos dirigir até El Chalten, uma pequena vila turística dentro do parque. Chegamos lá com muita chuva, frio e vento! Por conta disso, decidimos que procuraríamos um hotel para passar a noite... mas não encontramos nada livre! Estávamos nessa situação junto com outros casais de mochileiros que rodavam a cidadezinha procurando um lugar para dormir! De qualquer forma nós tínhamos a nossa barraca, então procuramos um camping e tentamos dormir... tentamos! O vento estava realmente muito forte. Não havia proteção e os melhores pontos para armar a barraca já tinham sido ocupados. O camping estava lotado! 

Não foi uma pernoite muito agradável... então acordamos super cedo para ir embora. Outro lugar que ficamos devendo uma nova visita. Lá, ficam localizados o Cerro Fitz Roy e o Cerro Torre. Este último, considerado uma das montanhas mais difíceis de escalar do mundo. Uma cidade muito procurada por motanhistas e amantes do trekking. Vamos ter que voltar para conhecer seus lagos, montanhas e geleiras!

‪#‎giraffesontheroad‬‪#‎giraffesinlove‬‪#‎cruisingtogether ‬‪#‎expedicaogiraffesinlove‬‪#‎thiagoflorianifotografia

1

123456789101112131415161718192021222324

 

Veja mais sobre essa aventura:

Dia 1: Araranguá até Santana do Livramento

Dia 2: Santana do Livramento até Colonia del Sacramento

Dia 3: Colonia del Sacramento até Bahia Blanca

Dia 4: Bahia Blanca até Puerto Madryn

Dia 5: Puerto Madryn até Comodoro Rivadavia

Dia 6: Comodoro Rivadavia até Rio Gallegos

Dia 7: Rio Gallegos até Ushuaia 

Dia 8: Ushuaia dia 1

Dia 9: Ushuaia dia 2

Dia 10: Ushuaia até Punta Arenas

Dia 11: Punta Arenas até Puerto Natales

Dia 12: Puerto Natales até Torres del Paine

Dia 13: Torres Del Paine

Dia 14: Torres Del Paine até El Calafate

Dia 15: El Calafate até El Chalten

Dia 16: El Chalten até Perito Moreno

Dia 17: Perito Moreno até Esquel

Dia 18: Esquel até Bariloche

Dia de ir embora de um dos parques mais lindos que já estivemos! Um lugar que é uma verdadeira orquestra da natureza! Se vamos voltar um dia? Com certeza! 

O próximo destino seria El Calafate, na Argentina. Para sair de Torres del Paine, fomos costeando o Lago Sarmiento em direção a Cerro Castillo. Até lá, pelo menos mais uns 60km de estrada de rípio, ou seja, devagarinho e com muita poeira!

Tivemos que passar por duas aduanas: saída do Chile e entrada na Argentina. Na segunda, demoramos duas horas para atravessar pois haviam muitos turistas e poucos funcionários. Dica: antes de deixar a aduana do Chile, coma algo e vá ao banheiro. 

Ganhamos uma dica interessante para evitar dirigir por ainda mais rípio: após a entrada na Argentina, saia da Ruta 40 pela Ruta 7, e quando encontrar a Ruta 5 pegue essa de volta em direção a Ruta 40. 

Chegando em El Calafate, achamos a cidade bem simpática e estruturada. Opções de camping, restaurantes, câmbio... etc. Fomos ao mercado, compramos comida e vinho para o nosso jantar. Enquanto jantávamos, conversamos como era gostoso estar na estrada, viajando, conhecendo pessoas e lugares. Ao nosso redor, havíam poucos viajantes, mas vindo de muito longe: um motorhome da Alemanha e outro da Suíca! Pensamos muito que ainda um dia teremos nossa casinha sobre rodas!

De barriga cheia e cabeça feita, fomos dormir ansiosos para a nossa atitividade do dia seguinte: conhecer o Glaciar Perito Moreno!

‪#‎giraffesontheroad‬‪#‎giraffesinlove‬‪#‎cruisingtogether ‬‪#‎expedicaogiraffesinlove‬‪#‎thiagoflorianifotografia

Captura de Tela 2016 11 15 as 16.54.57

IMG 0903IMG 0908IMG 0920IMG 0936IMG 0948IMG 0964IMG 0968IMG 0972IMG 0985IMG 0987 

 Veja mais sobre essa aventura:

Dia 1: Araranguá até Santana do Livramento

Dia 2: Santana do Livramento até Colonia del Sacramento

Dia 3: Colonia del Sacramento até Bahia Blanca

Dia 4: Bahia Blanca até Puerto Madryn

Dia 5: Puerto Madryn até Comodoro Rivadavia

Dia 6: Comodoro Rivadavia até Rio Gallegos

Dia 7: Rio Gallegos até Ushuaia 

Dia 8: Ushuaia dia 1

Dia 9: Ushuaia dia 2

Dia 10: Ushuaia até Punta Arenas

Dia 11: Punta Arenas até Puerto Natales

Dia 12: Puerto Natales até Torres del Paine

Dia 13: Torres Del Paine

Dia 14: Torres Del Paine até El Calafate

Dia 15: El Calafate até El Chalten

Dia 16: El Chalten até Perito Moreno

Dia 17: Perito Moreno até Esquel

Dia 18: Esquel até Bariloche

Ushuaia - Dia 13: Torres Del Paine

Quinta, 21 de Janeiro de 2016

Nesse dia acordamos animados para um trekking! A idéia seria percorrer o caminho até a base das torres que, pela nossa interpretação do mapa do parque, seria de quatro horas e meia ida e volta. Engano nosso. Após a cansativa subida inicial já começamos a perceber que vimos errado. Na verdade foram 4 horas apenas de ida! Ou seja, total de quase 8 horas de caminhada! Chegamos a conclusão de que foi melhor ter se enganado pois assim nem hesitamos em iniciar! :) 

Foi um dia de bastante esforço físico! E ainda, por causa do nosso erro de interpretação, não tínhamos levado água e comida suficientes para o dia todo. Eram apenas 1,5l de água, 2 bananas, 2 kiwis e 2 ovos cozidos hahahaha! No fim, deu tudo certo e tivemos energia para chegar lá! E o que vimos fez tudo valer a pena! 

Na volta até o camping ainda foi possível curtir mais um pouco daquele lugar maravilhoso que é o parque. Chegamos muito cansados e com dores no corpo. Fora isso, a sensação que ficou foi de que, apesar de a chegada ter sido incrível, o grande prazer do trekking é apenas caminhar na natureza, em silêncio, contemplando toda aquela beleza ao redor! 

*Dicas: pode ser interessante fazer o trajeto em dois dias (existem 2 campings no meio do caminho). Levar alguma roupa um pouco mais quente para quando chegar lá em cima não passar frio enquanto curte os últimos quilômetros de caminhada. Bastões de caminhada podem ajudar muito! 

‪#‎giraffesontheroad‬‪#‎giraffesinlove‬‪#‎cruisingtogether ‬‪#‎expedicaogiraffesinlove‬‪#‎thiagoflorianifotografia

1234567891011121314151617181920212223

 

Veja um pouquinho sobre a trilha! ;)

 

Veja mais sobre essa aventura:

Dia 1: Araranguá até Santana do Livramento

Dia 2: Santana do Livramento até Colonia del Sacramento

Dia 3: Colonia del Sacramento até Bahia Blanca

Dia 4: Bahia Blanca até Puerto Madryn

Dia 5: Puerto Madryn até Comodoro Rivadavia

Dia 6: Comodoro Rivadavia até Rio Gallegos

Dia 7: Rio Gallegos até Ushuaia 

Dia 8: Ushuaia dia 1

Dia 9: Ushuaia dia 2

Dia 10: Ushuaia até Punta Arenas

Dia 11: Punta Arenas até Puerto Natales

Dia 12: Puerto Natales até Torres del Paine

Dia 13: Torres Del Paine

Dia 14: Torres Del Paine até El Calafate

Dia 15: El Calafate até El Chalten

Dia 16: El Chalten até Perito Moreno

Dia 17: Perito Moreno até Esquel

Dia 18: Esquel até Bariloche

posts mais antigos: